Primeiro anel do WSOPC para Bruno!

Autor:
Font Size
A A A

O primeiro WSOP Circuit não poderia ter sido melhor, quebrando recordes e mostrando o poder do pôquer brasileiro.

Após dois dias de jogo, o registro no evento #1 Brazilian Storm foi encerrado com 2.981 inscrições, superando o prêmio garantido em quase 50%. O prêmio final chegou a R$1,5 milhão.

Esses números fizeram do Brazilian Storm o maior evento do WSOP já realizado fora dos Estados Unidos. Além disso, o torneio foi o maior evento do WSOP Circuit da temporada, incluindo os eventos dos EUA.

Enorme sucesso para o WSOPC Brasil

"O WSOP Circuit Brasil é um enorme sucesso, e o mais importante é que todo mundo aqui está se divertindo muito. Mais do que ninguém, estou muito [contente]. Não só porque o 888poker é o patrocinador principal, mas também porque o nome WSOP traz as melhores lembranças da minha vida, e agora estou vivendo isso em casa", disse Bruno Foster, embaixador do 888poker e o primeiro e único brasileiro a chegar à mesa final de um WSOP Main Event.

Além dos recordes, o início do WSOP Circuit Brasil também teve um torneio de celebridades com muitos rostos conhecidos e alguns dos atletas brasileiros mais famosos.

Havia 14 anéis do WSOP em disputa, e Bruno Foster, do Team888, estava definitivamente atrás de um deles.

Bruno chega ao heads-up no evento Omaha

A determinação de Bruno Foster fez história para o Brasil em um evento do World Series of Poker Circuit (WSOPC). Sim, talvez você já tenha visto isso antes em outro lugar, mas nunca deste jeito e nunca aqui. 

O embaixador do 888poker ganhou o evento #6 Giant Omaha, levando seu primeiro anel do WSOP e um prêmio de R$112 mil. O torneio teve 232 inscrições, e alguns dos melhores jogadores de pôquer do Brasil entraram na disputa pelo anel. Bruno Kawauti, que também faz parte do Team888, fez um bom torneio e terminou em 15º lugar (R$5.300).

Quando a mesa final começou, na noite de sábado passado (29 de outubro), Rodrigo Garrido era o líder de fichas, e Bruno Foster estava logo atrás.

Após algumas horas de muita ação, Garrido foi eliminado e ficou em quarto, e Andrey Lago terminou em terceiro. Isso deixou Bruno Foster no heads-up contra o ex-nadador e medalhista olímpico Fernando Scherer.

Os dois jogaram muito bem, mas, no final, prevaleceu aquele com mais experiência. Bruno Foster, o primeiro e único brasileiro a alcançar um November Nine, foi o vencedor.

Apesar de ter perdido o heads-up, Scherer não tem razão para ficar chateado. Rodeado por alguns dos melhores jogadores brasileiros, ele conseguiu chegar a duas mesas finais no WSOP Circuit Brasil. Além do Giant Omaha, ele chegou à mesa final do evento #6 8-Mix Game. E, claro, ainda recebeu R$74 mil pelo segundo lugar no evento Omaha.

"Estou muito, muito feliz. Apesar de perder o heads-up, este é um grande resultado para mim, e o mais importante é que estou jogando muito bem e me divertindo", disse Scherer.

A primeira vez de Bruno Foster

O primeiro triunfo de Bruno Foster no WSOP tornou-se uma realidade em sua terceira mesa final no WSOP. Além de alcançar o November Nine 2014, ele também terminou em 6º em um evento WSOP APAC na Austrália.

"Não tenho palavras para descrever o que estou sentindo agora. Foi um torneio difícil, uma mesa final difícil, um heads-up difícil. Estou muito feliz de finalmente ganhar uma joia do WSOP, e é ainda mais especial por ter acontecido na minha casa", disse Bruno.

Se houve alguma decepção por não conseguir o bracelete no 2014 WSOP Main Event, só há determinação para Bruno Foster com esta vitória.

Ele agora tem um anel do WSOP só seu. E deixou sua marca novamente na história do pôquer brasileiro.

Achou isto interessante?    

Obrigado por nos ajudar a melhorar.