WSOP Circuit Brazil: tudo o que de melhor aconteceu no maior evento de poker do ano

Font Size
A A A

Estreia da série mundial de poker em solo brasileiro foi em grande estilo. Veja tudo o que de melhor aconteceu no evento que mexeu com o calendário do poker brasileiro e mundial

Quando duas marcas líderes do seu segmento decidem fazer um evento em conjunto, a expectativa é sempre a maior possível. Foi o que aconteceu quando a World Series of Poker (WSOP) anunciou sua primeira viagem ao Brasil, em parceria com o 888poker. E o resultado foi o melhor possível!

Com um evento digno da série mundial que ocorre anualmente em Las Vegas, a WSOP Circuit Brazil foi um show do começo ao fim, e impressionou os milhares de jogadores e visitantes que fizeram parte da festa.

COMEÇANDO COM O PÉ DIREITO

O primeiro dia de WSOP Circuit Brazil foi uma mostra do que viria nos outros sete dias seguintes: emoção, diversão, muita técnica, prêmios milionários e poker da melhor qualidade.

Além da abertura do Brazilian Storm - torneio que mais tarde se tornaria o maior torneio da WSOP já realizado fora dos EUA - a WSOP Circuit Brazil convidou várias estrelas da internet, da música e do esporte para o "pontapé inicial" do evento.

O Torneio das Celebridades reuniu nomes como as duplas Fernando & Sorocaba e Marcos & Beluti; os jogadores de futebol Michel Bastos, Denílson, Fabio Luciano, Wellington, Vitor Hugo, Moises, Alecsandro, Rodrigo, Elano e Betão; o técnico Vanderlei Luxemburgo; os medalhistas olímpicos do vôlei Rodrigão e Virna Dias; o ex-nadador Fernando Scherer, o "Xuxa"; os pilotos de Stock Car Thiago Camilo e Galid Osman; o lutador Braga Neto, do UFC; o tenista Thomaz Bellucci; e o craque da NBA Raulzinho, entre outros.

Alguns já são figuras carimbadas nos grandes torneios de poker brasileiros, como o 888live, e outros faziam sua estreia num torneio profissional. Mas quem chamou atenção mesmo foram as celebridades do YouTube.

Brogui, Cauê Moura, Pyong Lee e João Pica Seca têm, juntos, quase 11 milhões de seguidores na plataforma de vídeos. E, na WSOP Circuit Brazil, eles mostraram um pouco o porquê.

Brogui e Cauê, especialmente, deram show de simpatia, concederam entrevistas, distribuíram autógrafos, tiraram selfies. Muitas selfies. E ainda acharam tempo para participar de um desafio de pokerface com a também youtuber - mas da Argentina - Pamsi:

Autor do canal Ana Maria Brogui, Brogui, além do Torneio das Celebridades, ainda marcou presença em vários outros dias e outros torneios da WSOP Circuit Brazil.

Ele chegou a se classificar para o dia 2 do Brazilian Storm, que teve mais de 3.000 entradas, e conversou com o 888poker sobre o evento.

Outro que deu show no Torneio das Celebridades foi o ex-craque da Seleção e membro do Team 888 Denílson.

Famoso por seu carisma e pela simpatia, Denílson animou o primeiro dia de WSOP Circuit Brazil e dançou até tango!

BRAZILIAN STORM E SUPER HIGH ROLLER

Primeiro grande evento aberto ao público - o Torneio das Celebridades era exclusivo para convidados - o Brazilian Storm foi um show à parte.

Apenas no primeiro dia, mais de 1.100 entradas. No segundo e no terceiro, o número de inscrições foi bem parecido, fazendo com que o torneio chegasse a exatas 2.981 entradas e se tornasse o maior torneio da WSOP já realizado fora dos EUA e o maior da temporada 2016, contando inclusive os eventos norte-americanos.

No final, melhor para o carioca Bruno Chato, que levou um anel da WSOP e R$261.000 para casa.

Bruno começou o dia como o chip leader entre os 22 sobreviventes, mas chegou no heads-up com a desvantagem em fichas de 3 a 1 para Douglas Rayel, mas jogou o fino e conseguiu reverter a situação para cravar o evento.

A mão final do maior torneio do festival acabou fazendo uma homenagem ao patrocinador principal do evento, o 888poker. Bruno, com trinca de oitos, superou os dois pares do vice-campeão Douglas Rayel.

No Super High Roller, torneio mais caro já realizado em um grande evento brasileiro, com buy-in de R$20.000, o field era uma verdadeira constelação do poker - ao todo, foram 30 inscritos na disputa.

No final, Helio Neves superou uma mesa final com nomes como Rafael Moraes, Thiago Decano, Felipe Mojave e Luiz Duarte, entre outros, e faturou o título, garantindo R$190.000 e também um anel da WSOP. 

FOSTER FAZ HISTÓRIA. DE NOVO.

Bruno Foster entrou para a história do poker brasileiro ao se tornar o primeiro jogador do país a participar do November Nine - a mesa final do Main Event da WSOP, em Las Vegas.

Por isso, jogar uma WSOP em casa tinha um gostinho especial: "Para mim, que jogo poker há 13 anos, é a melhor lembrança da minha vida e aqui é algo diferente né?", contou. "Saber que você consegue hoje praticar o esporte e jogar poker no Brasil ter a sensação que a gente tem lá fora jogando em Vegas é algo incrível."

"Aqui estou jogando em casa, pelo meu patrocinador, o Brazilian Storm já bateu o garantido, quer dizer... o evento é um sucesso total, todo mundo se divertindo acima de tudo. E eu mais do que todos estou feliz e satisfeito pelo 888poker ter fechado essa parceria com a WSOP".

Mas gostinho especial e lembranças boas não eram o suficiente para Bruno Foster. E ele decidiu fazer história de novo. E marcar seu nome não apenas na WSOP de Las Vegas, mas também na WSOP Circuit Brazil.

A vitória veio no torneio Giant Omaha, que recebeu 232 entradas de R$ 2.300, e rendeu R$ 112.000 e um anel da WSOP para o craque. 

A combinação de levar um anel no primeiro WSOP Brazil, sendo embaixador do 888poker, patrocinador do evento, criou um cenário perfeito para Foster.

"Não tem como ser melhor do que isso, hoje eu não estou pisando no chão, estou flutuando, é a realização de um sonho, mais um". O também embaixador 888poker Bruno Kawauti chegou à mesa semifinal do evento, caindo na 15ª posição.

O título veio em uma modalidade que não pode ser considerada a especialidade de Foster. E ele falou sobre isso e sobre a emoção da vitória com repórter do 888poker, Helô Oliveira. 

CRAZY EIGHTS

O 888poker promoveu um torneio especial na WSOP Circuit Brazil: o Crazy Eights. E a disputa foi um sucesso.

O Crazy Eights recebeu um total de 296 inscrições de R$ 888, todos interessados no prêmio principal e claro, o anel de campeão. Entre os participantes estavam nomes como os embaixadores 888poker Bruno Foster e Bruno Kawauti, João Fera e Ivan Ban Martins.

Mas quem saiu com o título e o anel de campeão foi Paulo Gonçalves, o "Barão", de Divinópolis (MG), que vibrou intensamente com a vitória. "Primeiro de tudo eu gostaria de agradecer a Deus" disse. "Era um sonho para mim ganhar qualquer evento da WSOP e no primeiro evento que eu participei aconteceu, então é só alegria. Agora é descansar que daqui algumas horas tem o Main Event e estamos com ficha lá, vamos pra cima". 

A vitória só foi possível graças à persistência do mineiro, que não se deu bem nos primeiros níveis do evento. "Não comecei o dia muito bem, dei duas reentradas, daí quando acabou o período de reentradas tudo deu certo, as mãos começaram a bater e deu pra chegar aqui". 

Além do anel, ele levou o prêmio principal de R$ 52 mil, mas não hesitou para escolher o mais mexeu com ele. "O dinheiro é muito importante, mas eu não acho que seja mais importante que o anel. Se eu falar que o dinheiro não vale é mentira, mas que o prestígio do anel vale muito, muito, muito com certeza é verdade."

TEAM 888 MARCA PRESENÇA

Além de Denílson, que deu show de simpatia na abertura da WSOP Circuit Brazil, e de Bruno Foster, campeão do Giant Omaha, os outros integrantes do Team 888 no Brasil também marcaram presença no evento.

Bruno Kawauti e Nicolau Villa-Lobos não venceram, mas convenceram. O primeiro fez mesa semifinal no Giant Omaha e final no Deepstack Hero; o segundo fez semifinal no High Roller.

Mas, mais do que resultados, Nico celebrou a vinda da famosa série para o país. "Indescritível, né?" disse. "Já tem uns dois ou três anos que a gente bate nessa tecla, até mesmo na WSOP lá com o Jack Effel [Diretor de torneios da WSOP] sempre falamos que o Brasil é um mercado expoente e tinha que receber uma WSOP. O público é muito grande, foi só a WSOP parar aqui que a gente já bateu recorde de inscritos, então é sensacional".

Os dois ainda acharam tempo na concorrida grade de torneios do evento para participar de uma brincadeira do 888poker. Será que eles são tão bons na leitura labial quanto no poker? Confira nos vídeos abaixo e tire suas próprias conclusões!

O EVENTO PRINCIPAL

Foram oito dias, 27 torneios, mais de 6.500 inscrições, quase 10.000 visitantes, famosos, alguns dos melhores jogadores do Brasil e da América Latina, e, claro, um torneio principal.

O Main Event da WSOP Circuit Brazil contou com 1.002 inscrições e mais de R$3,5 milhões de premiação e teve seis dias de duração. Pouco a pouco, o field foi se reduzindo, até chegar à mesa decisiva.

Na grande final, Marcelo Filartiga foi o primeiro a dar adeus ao sonho do título, na nona colocação (R$40.000).

Depois vieram Marco Azambuja (8º - R$56.300), Paulo Diniz (7º - R$83.400), Renan Sampaio (6º - R$120.000), Gabriel Borges (5º - R$180.000), Luis Felipe Martins (4º - R$250.000) e João Bauer (3º - R$340.000).

Estava formado o heads-up. A disputa entre Oderlandio Moura, de Fortaleza, e Marco Tulio, de Brasília, foi relativamente rápida. Após cerca de 40 minutos, Oderlandio superou o rival e garantiu o título histórico.

Amigo e aluno de Bruno Foster, Oderlandio conversou com a repórter Helô Oliveira sobre a relação com o craque do Team 888 e, claro, seu triunfo em um torneio tão especial.

Além do prêmio de R$750.000 e do histórico primeiro anel de ouro da WSOP distribuído no Brasil, ele também ganhou uma entrada no WSOP National Championship - torneio exclusivo para os campeões das WSOP Circuit pelo mundo, que acontece em Las Vegas e vale US$1 milhão.

RANKING DISPUTADÍSSIMO

A WSOP Circuit Brazil classificaria dois jogadores para a WSOP National Championship. Além do campeão do Main Event, o jogador que somasse mais pontos somadas todas as disputas do evento, também iria para o torneio dos campeões da WSOP. 

Isso fez com do ranking da WSOP Circuit Brazil um título cobiçado.

O medalhista olímpico da natação Fernando “Xuxa” Scherer disparou na ponta logo nos primeiros dias, com a mesa final no torneio 8-Mix Game e o heads-up no Giant Omaha.

No último dia, a disputa ficou acirrada com a presença de outros campeões em mesas finais: Stevam Woo, vice no Crazy Eights e campeão no Last Shot; Paulo “Barão” Gonçalves, campeão do Brazilian Storm e terceiro no High Roller.

Mas, no fim, o título ficou com o mineiro Rafael Caiaffa. Campeão do 8-Mix Game, ele cravou também o High Roller e garantiu não apenas a vitória no ranking e um lugar na WSOP National Championship, mas também seu lugar na história do poker brasileiro.

Com duas vitórias na WSOP Circuit Brazil, ele é o único jogador do país com duas joias da série de torneios - no caso, dois anéis.

"É incrível, ter dois anéis de WSOP é um sonho realizado, estou até sem palavras", afirmou. "Estou muito feliz, é pouco jogador mundial que atinge um nível desse de conseguir dois anéis de WSOP e eu tenho, então acho que tenho uma história rica no poker e fico feliz por isso".

O mais curioso é que, até esta WSOP Circuit Brazil, Caiaffa estava aposentado do poker. "Eu não desaprendi a jogar e estou jogando muito leve, não sinto pressão financeira nenhuma, jogo tudo muito mais dentro do meu bankroll do que quando era profissional", explicou.

No fim das contas, a sensação de jogadores, visitantes e todos que de alguma forma participaram da WSOP Circuit Brazil é a de que o evento não poderia ter sido melhor.

E a pergunta que fica no ar é uma só: quando será a próxima?

Achou isto interessante?    

Obrigado por nos ajudar a melhorar.

     

Copyright 2002 - 2016 Cassava Enterprises (Gibraltar) Limited., subsidiária integral da 888 Holdings plc.
A Cassava Enterprises (Gibraltar) Limited foi estabelecida em Gibraltar, que faz parte da União Europeia.
A 888 Holdings plc está cotada na Bolsa de Valores de Londres.
A Cassava Enterprises (Gibraltar) Limited está licenciada e autorizada a oferecer serviços de jogos e apostas online nos termos das leis de Gibraltar (Licença para Jogo Remoto números 022 e 039) e não atesta a legalidade de tais serviços em outros países.
Nossos serviços no Reino Unido são operados pela 888 UK Limited, uma empresa estabelecida em Gibraltar, licenciada e regulamentada pela Great Britain Gambling Commission (Comissão de Jogos de Aposta da Grã-Bretanha).
Nossos serviços nos estados membros da União Europeia (com exceção dos estados em que nossos serviços são fornecidos segundo uma licença local) são operados pela Virtual Digital Services Limited, uma empresa estabelecida em Gibraltar, que faz parte da União Europeia.
A Virtual Digital Services Limited opera sob a proteção de uma licença de jogo fornecida segundo as leis de Gibraltar.
Nossos produtos de apostas são operados na Irlanda, pela 888 Ireland Limited, uma empresa incorporada em Gibraltar, licenciada pela Revenue Commissioners (Delegados da Receita Federal) da Irlanda.
Nosso endereço: 601-701 Europort, Gibraltar.
Encorajamos o jogo com responsabilidade e apoiamos a GamCare.