Os pré-requisitos para se tornar profissional

Autor:
Font Size
A A A
como se tornar um profissional do pôquer 2 Uma boa gestão do saldo pode ser a diferença entre o sucesso e o fracasso. Veja Kara Scott e Rupert Elder

No último capítulo, vimos como ter uma mentalidade forte com traços positivos de personalidade é o aspecto mais importante para se ter sucesso como profissional do pôquer. Com o tempo, ajudará a reduzir suas perdas e a melhorar sua jogabilidade. Também o ajudará a se recuperar e a jogar o seu melhor novamente depois de derrotas devastadoras ou afastamentos por doença.

Mas, ter um jogo mental forte é apenas a ponta do iceberg no que diz respeito aos pré-requisitos para se tornar um jogador de pôquer profissional. Há muitos aspectos tangíveis que precisamos abordar (como gestão do saldo, técnicas de jogo etc.), antes de finalmente "se tornar profissional". Portanto, a finalidade do capítulo é elaborar esses pontos.

O ponto de partida

O ponto de partida é onde todos os aspirantes a jogador de pôquer, amadores ou profissionais, começam, em termos de dinheiro que têm e usam para jogar pôquer. Normalmente, eles começam com um pequeno saldo (separado especificamente para o pôquer) ou sem saldo nenhum.

Ter um pequeno saldo para começar (por exemplo, US$ 100) é uma excelente maneira de jogar com apostas pequenas, aprender o jogo, refinar suas técnicas e acumular um saldo sustentável conforme suas estatísticas crescerem e melhorarem. Pode ser uma tarefa bem desencorajadora e exigir extrema paciência para ir de seus primeiros US$ 100 até um "saldo de nível profissional" de US$ 10.000 ou mais. Entretanto, com certeza há vários profissionais famosos (como Tony Dunst) que pegaram esse caminho e nunca olharam para trás.

Se você preferir não fazer depósitos on-line inicialmente quando começar a jogar, poderá construir seu saldo participando de um tipo de torneio chamado “freeroll”. São torneios em que os jogadores podem participar gratuitamente, mas ganhar dinheiro de verdade ou bilhetes para torneios a dinheiro. Um exemplo real disso ocorreu em 2007, quando Chris Ferguson criou (e completou) um desafio de saldo de US$ 0 para US$ 10.000 em cerca de 18 meses. Ele fez isso principalmente para provar que qualquer jogador de pôquer tem capacidade para criar um saldo jogável do nada.

Mas, se você optar por criar inicialmente seu saldo, é muito importante separar esse dinheiro de seus outros recursos financeiros (até se tornar profissional). Dessa maneira, ele poderá crescer estavelmente com o tempo e não será afetado por seus outros recursos financeiros cotidianos normais.

Sendo assim, vamos dar uma olhada em quais são as exigências típicas do saldo e outras dicas financeiras que precisará saber para (um dia) chegar ao nível profissional.

Exigências do saldo

Veja abaixo diretrizes claras para gestão do saldo de pôquer (BRM):

  • 30 cacifes para mesas a dinheiro
  • 30 cacifes para Sit-N-Go’s (SNG)
  • 100 cacifes para torneios multimesas (MTT)
  • 6 meses de custo de vida separados para profissionais

Digamos que seu saldo de pôquer fosse de US$ 6.000. Isso significaria que a maior mesa a dinheiro em que poderia jogar seria de 200NL (com blinds de US$ 1,00/2,00 e um cacife de US$ 200). Esse cálculo seria para 30 cacifes em relação ao seu saldo atual de US$ 6.000. O maior MTT do qual poderia participar seria um torneio de US$ 60.

Para determinar seu custo de vida e o que precisaria separar, calcule quanto dinheiro precisaria para sobreviver confortavelmente por um mês. Essas despesas devem incluir alimentação, aluguel, pagamento de carro, dinheiro para gastar, luz, gás, água etc. Para este exemplo, vamos supor que gostaria de ganhar US$ 2.000 por mês com o pôquer. Isso significa que seu fundo monetário de emergência de 6 meses deve ser igual a US$ 12.000, o que significa que precisa de um total de no mínimo US$ 18.000 para jogar 200NL (cacife de US$ 200) profissionalmente.

É importante notar que os números descritos acima são as exigências mínimas absolutas para a gestão apropriada do saldo. Definitivamente, lhe dará uma pequena proteção para o valor típico da variância que o jogo terá. Mas, há certos jogadores e recursos do pôquer que sugerem que os jogadores devem ter uma conduta ainda mais cautelosa em relação à gestão do saldo, de acordo com as regras descritas abaixo:

  • 100 cacifes para mesas a dinheiro
  • 100 cacifes para SNG’s
  • 500 cacifes para MTTs
  • 12 meses de custo de vida separados para profissionais

Esses dois conjuntos de regras são as diretrizes básicas de BRM. Lembre-se de que essas regras podem e devem mudar de acordo com o tamanho dos jogas em que normalmente joga. Por exemplo, se estiver jogando em SNG’s multimesas, MTT’s grandes ou outras formas de pôquer de “alta variância”, como Pot-Limit Omaha (PLO), seus limites de cacife devem aumentar além das sugestões acima.

Para garantir que não viole essas regras (especialmente ao estabelecer seu primeiro saldo), talvez seja conveniente ter um amigo de pôquer para ajudá-lo a manter o controle. Essa “pessoa que vai zelar por você” deve garantir que aumentará e diminuirá as várias apostas se, e quando, seu saldo permitir.

Um dos motivos para os amadores irem à falência repetidamente é porque não seguem as diretrizes de saldo acima. Eles jogam com apostas bem acima do que deveriam, em termos de dinheiro que separaram para o pôquer. Não banque o herói tentando sucesso rápido para aumentar seu saldo. Se jogar dessa maneira, poderá ter seus bons momentos, mas a variância acabará pegando você em algum ponto.

Estatísticas de ganhos

O único momento em que faz sentido um fanático por pôquer sequer considerar a possibilidade de se tornar profissional deve ser se tiver estatísticas de ganhos ao longo de um período de tempo suficientemente grande. Com um bom (e longo) registro de sucessos por trás, um amador saberá que pode fazer dinheiro suficiente nas mesas mensalmente para se bancar.

Geralmente, se puder ter estatísticas positivas ao longo de 100.000 a 250.000 mãos, isso eliminará grande parte da influência que a variância teria nos resultados gerais. Esses números acabarão provando que você é um jogador vitorioso e lucrativo em longo prazo.

Calculando ganhos

Para calcular as possibilidades de receitas mensais e anuais, temos que nos familiarizar com um estatística comum que muitos jogadores de pôquer usam para determinar as taxas de ganhos, especificamente nas mesas a dinheiro, que é BB/100 (ou a média de big blinds ganhos por 100 mãos).

Usando essa estatística, vejamos quanto alguns dos melhores profissionais com as taxas de ganhos mais altas ganham mensal e anualmente em várias apostas. (Vamos supor que estejam jogando 100.000 mãos por mês):

  • 30bb/100 mãos a 2NL seria US$ 600/mês (US$ 7.200/ano)
  • 17bb/100 mãos a 5NL seria US$ 850/mês (US$ 10.200/ano)
  • 12bb/100 mãos a 10NL seria US$ 1.200/mês (US$ 14.400/ano)
  • 8bb/100 mãos a 25NL seria US$ 2.000/mês (US$ 24.000/ano)
  • 6bb/100 mãos a 50NL seria US$ 3.000/mês (US$ 36.000/ano)
  • 4bb/100 mãos a 100NL seria US$ 4.000/mês (US$ 48.000/ano)
  • 3bb/100 mãos a 200NL seria US$ 6.000/mês (US$ 72.000/ano)

Agora, quando você determinar sua própria média de taxa de ganho, poderá preencher a tabela acima de acordo com seu próprio jogo. Conhecer essas estatísticas com uma amostragem decente permitirá que você calcule o seguinte:

  1. Com quais apostas poderá jogar mais para alcançar sua meta de renda mensal.
  2. O número de mãos que você precisaria jogar por mês para alcançar sua meta.

“Como posso usar essas informações para calcular

quanto pôquer devo jogar por mês (e com quais apostas)

para alcançar minha meta mensal exata desejada?”

Vamos supor que você frequente as mesas on-line de 100NL e tenha uma taxa de ganho de 4bb/100 com essas apostas. Isso significa que está ganhando em média US$ 4 a cada 100 mãos que joga. Com base nisso, quantas mãos teria que jogar para faturar US$ 2.400 por mês, de acordo com o exemplo acima?

                        US$ 4                              x                        US$ 2.400                
100 mãos                                         Número "X" de mãos

                                          = (US$ 2.400 x 100 mãos)  /     US$ 4 
= 60.000 mãos/mês

Use essa fórmula para ajudar a determinar quantas mãos você teria que jogar por mês em sua aposta desejada para alcançar sua meta mensal.

Alguns jogadores gostam de expressar o bb/100 como bb/hora. Em nosso exemplo, para jogar 60.000 mãos em um mês, você definitivamente teria que optar por multimesas. Com uma média de 100 mãos por hora por mesa (como exemplo), jogar em 4 mesas ao mesmo tempo se converteria em 400 mãos por hora (4 x 100) ou 150 horas por mês (60.000/400).

A importância do HUD

Um HUD (heads-up display, visor de estatísticas) é uma ferramenta extremamente comum usada entre todos os jogadores de pôquer on-line. E é algo padrão para praticamente todos os profissionais que jogam on-line. A finalidade de usar um HUD é manter um banco de dados de estatísticas que acompanhem seu jogo e também o jogo de seus adversários.

Um dos maiores benefícios é que ele exibe as estatísticas dos seus adversários (VPIP, PFR, 3B% etc.) diretamente em tabelas on-line em vários softwares de pôquer. Com esses números à disposição, você pode identificar rapidamente as tendências de jogo dos adversários, permitindo que os categorize. Essas informações permitem que jogue o pôquer ideal contra cada adversário. HUDs podem ser uma ferramenta extremamente útil, especialmente quando se está jogando em várias mesas.

Os HUDs também são práticos, pois podem manter registro de estatísticas importantes sobre seu próprio jogo. Você pode acompanhar itens como:

  • Sua média de BB/100 mãos.
  • Vários gráficos que mostram o dinheiro total que ganhou com o tempo (permitindo que veja os altos e baixos que teve com variância).
  • Onde estão suas falhas no jogo e como corrigi-las.
  • E muito mais.

Conforme se familiarizar com o uso desses HUDs, poderá escolher as estatísticas que deseja ver dos seus adversários. É possível personalizar totalmente o software e escolher as estatísticas a serem exibidas.

Para ver alguns exemplos excelentes de HUD de jogadores, faça uma busca rápida on-line por “HUD poker setup” e encontrará.

Veja aqui um exemplo rápido de uma configuração de “duas linhas”:

  1. Notes Icon / VPIP / PFR / 3bet Preflop / Fold to Preflop 3bet / Attempt to Steal
  2. Cbet Flop / Fold to F Cbet / Call T Bet / Call R Bet / Total AF / Número de mãos

OBS.: Você terá que personalizar a configuração do seu HUD ao longo do tempo para incluir mais estatísticas (ou diferentes) que se tornem relevantes e significativas.

O softwares HUD mais comum disponível no mercado inclui:

  • PokerTracker4 (Mac + PC)
  • Hold’em Manager 2 (Apenas PC)

Ambos estão disponíveis por apenas US$ 59,99, um investimento pequeno em relação aos benefícios que trará para o seu jogo.

Exemplo do HUD em ação

Análises do histórico de mãos

A avaliação é fundamental para o progresso em qualquer área de trabalho. Ela pode destacar as áreas em que está se sobressaindo, mostrar os pontos em que pode melhorar e mostrar como pode fazer as coisas diferentemente para ter mais sucesso.

O pôquer não é diferente. As avaliações, normalmente feitas na forma de "análises do histórico de mãos", são um aspecto fundamental do aprimoramento de suas técnicas e do aumento da sua taxa de ganhos.

Essas “análises do histórico de mãos” (HHRs, hand history reviews) podem ser feitas por você mesmo, mas também podem ser feitas por colegas jogadores de pôquer, pessoalmente ou em um fórum de discussão de pôquer. Como em outros trabalhos, você pode aprender bastante com as pessoas ao seu redor.

Suas sessões de avaliação devem tentar se concentrar no seguinte:

  1. Qual seria a jogada ideal em cada fase das mãos que você "marcou ou identificou" para análise.
  2. Por que essas decisões seriam a melhor linha de ação a seguir.
  3. Depois, compare para ver o que realmente fez na mão e por que jogou dessa maneira.

O que você pode aprender fazendo HHRs é incrível. É um dos motivos pelos quais assistir a vídeos de treinamento de pôquer pode ser tão útil. Nessas situações, os instrutores (jogadores profissionais) examinam as próprias mãos para mostrar por que escolheram jogar daquela maneira. Aprender o raciocínio lógico deles e aplicar esses padrões de pensamento semelhantes à sua jogabilidade pode ser inestimável.

Melhoria constante

Pensar em como as análises dos históricos de mãos podem ser benéficas para o seu jogo nos leva ao assunto da “melhoria constante”.

Embora iremos abordar como melhorar seu jogo no capítulo 3 (com estratégia de jogabilidade) e no capítulo 6 (dicas gerais para profissionais), você deve primeiro compreender que seu jogo e os resultados começarão a definhar rapidamente no momento em que parar de tentar melhorar. Seu jogo estagnará.

Quando você tratar o pôquer como um negócio, perceberá que tem que estar constantemente desenvolvendo suas técnicas. Se você não evoluir com o tempo, ficará para trás. Assim como qualquer outro ambiente de mercado, o pôquer é um jogo em constante mudança. Novos jogadores com novos estilos e novos métodos de ganhar mãos surgem a todo momento. Manter-se atualizado com as tendências do jogo é essencial.

Se você vai fazer a escolha de jogar pôquer profissionalmente, é importante tratá-lo como qualquer outra profissão. Faça avaliações frequentes e use os resultados para melhorar seu jogo e abandonar velhos hábitos.

Tipos de profissionais de pôquer

Há três tipos significativos de jogadores que você pode escolher ser como profissional:

  1. Jogador de mesas a dinheiro
  2. Jogador de torneio
  3. Jogador de mesas a dinheiro e torneios

Embora haja muitos profissionais que joguem principalmente em mesas a dinheiro, a maioria dos jogadores enquadra-se na terceira categoria. Eles preferem jogar uma mistura de mesas a dinheiro e torneios para obter fundos continuamente e aumentar o saldo.

Mas, atenção, não são muitos os jogadores de pôquer profissionais que jogam torneios. Isso por causa do nível maior de variância nos MTTs em relação às mesas à dinheiro. Se você está buscando um salário fixo mensal no pôquer, ter técnicas sólidas nas mesas a dinheiro com estatísticas de ganho definitivamente será o caminho a seguir. Diante disso, jogar torneios pode ser uma ótima maneira de complementar seu jogo nas mesas. Permitirá que suas técnicas no pôquer se desenvolvam mais plenamente. Além disso, poderá injetar uma soma grande e repentina em seu saldo com apenas um pequeno valor arriscado.

Apesar dos resultados inconsistentes e das oscilações que os jogadores de pôquer enfrentarão nos torneios, existe um número seleto de jogadores que jogam torneios. E, se você achar que jogar torneios é a sua especialidade, sem dúvida, corra atrás. Lembre-se de que será duplamente importante ter recursos financeiros suficientes separados para o custo de vida mensal. Haverá períodos longos e difíceis em que a variância tomará o melhor de você.

Qualquer que seja o caminho que você esteja pensando em seguir, lembre-se disto:

Conheça e jogue aquilo em que for bom!

  • Se você for um bom jogador de mesas a dinheiro, jogue mesas a dinheiro.
  • Se for um bom jogador de torneios, jogue torneios.
  • Se você tiver sucesso em ambos, jogue ambos (ou o que gostar mais).

Para encerrar

Como você provavelmente desenvolverá um jogo favorito para jogar, ele se tornará sua principal fonte de renda mensal. Lembre-se sempre de que será importante com o tempo desenvolver mais todos os aspectos do seu jogo de pôquer, incluindo diversificar e jogar outras variações de pôquer (como PLO, Stud, Draw etc.).

Sair de sua zona de conforto diversificando para aprender e jogar jogos e variações que normalmente não jogaria ajudará você a se tornar um jogador muito mais experiente. Também ajudará a melhorar seu jogo de pôquer "principal".

No capítulo 3, abordaremos maneiras de trabalhar em seu jogo, dentro e fora da mesa, para ajudar a criar sua estratégia de ganhos ideal.

Achou isto interessante?    

Obrigado por nos ajudar a melhorar.

     

Copyright 2002 - 2016 Cassava Enterprises (Gibraltar) Limited., subsidiária integral da 888 Holdings plc.
A Cassava Enterprises (Gibraltar) Limited foi estabelecida em Gibraltar, que faz parte da União Europeia.
A 888 Holdings plc está cotada na Bolsa de Valores de Londres.
A Cassava Enterprises (Gibraltar) Limited está licenciada e autorizada a oferecer serviços de jogos e apostas online nos termos das leis de Gibraltar (Licença para Jogo Remoto números 022 e 039) e não atesta a legalidade de tais serviços em outros países.
Nossos serviços no Reino Unido são operados pela 888 UK Limited, uma empresa estabelecida em Gibraltar, licenciada e regulamentada pela Great Britain Gambling Commission (Comissão de Jogos de Aposta da Grã-Bretanha).
Nossos serviços nos estados membros da União Europeia (com exceção dos estados em que nossos serviços são fornecidos segundo uma licença local) são operados pela Virtual Digital Services Limited, uma empresa estabelecida em Gibraltar, que faz parte da União Europeia.
A Virtual Digital Services Limited opera sob a proteção de uma licença de jogo fornecida segundo as leis de Gibraltar.
Nossos produtos de apostas são operados na Irlanda, pela 888 Ireland Limited, uma empresa incorporada em Gibraltar, licenciada pela Revenue Commissioners (Delegados da Receita Federal) da Irlanda.
Nosso endereço: 601-701 Europort, Gibraltar.
Encorajamos o jogo com responsabilidade e apoiamos a GamCare.