Encarando as chances no pôquer

Autor:
Font Size
A A A

As pessoas costumam dizer que pôquer é um jogo de matemática e probabilidade. Para jogar de maneira lucrativa a longo prazo, certamente é verdade que é preciso conhecer e ser capaz de aplicar o aspecto da habilidade matemática em seu jogo!

A estratégia envolve uma parte do jogo que lida com o cálculo de (1) saídas, (2) chances no pôquer e (3) sua equidade em um pote. Enquanto os três conceitos andem de mãos dadas, nosso foco principal neste artigo será falar sobre os dois primeiros.

Quais são as chances no pôquer?

As chances no pôquer levam em conta o número de "saídas" que você tem (cartas que podem melhorar sua mão) e as relaciona com sua quantidade de dinheiro para pagar para ver outra carta.

Esse cálculo é usado fundamentalmente para determinar se pagar para "perseguir" seu draw é uma jogada lucrativa em longo prazo. Assim, quando os jogadores perguntam: "As chances são importantes?", a resposta é um grande e enfático SIM!

Tenha em mente que pôquer é um jogo que tem mais a ver com ganhar em longo prazo do que em sessões curtas e individualizadas. Ao usar as informações a seguir sobre chances, você conseguirá tomar muitas decisões com valor esperado positivo nas mesas.

Cálculo das chances

Como ler as chances como porcentagens, frações e razões

Se você tiver 33% de chance de melhorar sua mão, essa fração pode ser expressa como "1/3". Para cada três vezes que pagar tentando melhorar, você fará sua mão em uma dessas vezes (em média).

No entanto, precisamos conseguir converter essas frações para razões para poder relacioná-las às chances.

No pôquer, essas chances são expressas no seguinte formato ao tentar melhorar sua mão: 

Número de vezes que você não vai fazer sua mão
-------------------------------------------------
Número de vezes que você vai fazer sua mão

Um exemplo disso seria 2:1 (que seria lido como "2 para 1" ou "chance de 2 para 1").

Também pode ser expresso como 33% (porcentagem) = 1/3 (fração) = 2:1 (razão).

Fórmula de chances no pôquer

Agora que compreendemos as razões em relação às chances de melhorar nossa mão, vamos aplicar o mesmo conceito para entender as chances.

Vamos supor que o pote principal já tenha $50, e alguém aposta mais $50. Agora, há um total de $100 no pote, e você tem que pagar a aposta, que é de $50.

O pagamento das chances nesse cenário é uma relação de $100 para $50, ou chances de 2 para 1.

A fórmula para determinar isso é a seguinte:

$ já no pote principal + $ colocado no pote durante a rodada de apostas atual
--------------------------------------------------------------------------
$$$ que você tem que pagar

Como outro exemplo, vamos supor que o pote principal já tenha $200. Nesta rodada de apostas, o Jogador 1 aposta $100, o Jogador 2 paga $100 e agora é sua vez.

Quais são as suas chances?

Usando a fórmula acima, chegamos à seguinte equação: $400:$100 ou 4 para 1

($200 no pote principal) + ($200 desta rodada de apostas)
--------------------------------------------------------------------------
($100 que você tem que pagar)

Como as chances funcionam

O próximo passo para determinar se temos ou não as chances certas para pagar uma aposta durante um draw se relaciona às chances que calculamos para as possibilidades de melhorarmos nossa mão. (Vamos aprender como calcular exatamente nossas possibilidades de melhorar na próxima seção.)

Simplificando, porém, se nossas possibilidades de melhorar em uma mão vencedora forem maiores do que as chances que temos para pagar, então pagar será o jogo correto e lucrativo.

Vamos supor que estamos jogando Hold'em e temos 8-7 de naipes diferentes. A mesa está com K-5-6-2 de naipes diferentes. Atualmente, o valor de nossa mão é muito fraco (8-alto), mas temos a possibilidade de fazer o melhor straight possível se um 4 ou um 9 aparecer no river.

A partir de um baralho padrão de 52 cartas, conhecemos 6 delas depois do turn (2 na nossa mão e 4 na mesa). Portanto, das 46 cartas restantes no baralho que podem aparecer no river, apenas 8 delas melhorarão nossa mão (quatro cartas 4 e quatro cartas 9). Este cálculo pode ser expresso como uma fração de 8/46.

Podemos então usar essa razão para relacionar as "cartas do river que não vão melhorar nossa mão" às "cartas do river que vão melhorar nossa mão":

8 cartas do river nos ajudarão

  • 46 cartas desconhecidas – 8 cartas que vão nos ajudar = 38 cartas que não vão nos ajudar
  • 38 cartas que nãovão nos ajudar: 8 cartas quevãonos ajudar
  • 38: 8
  • 4,75: 1

A razão de 4,75 para 1 indica que, para cada 4,75 vezes em que não vamos melhorar, melhoraremos 1 vez. Portanto, para que possamos fazer um pagamento lucrativo aqui, precisamos ter chances melhores que 4,75 para 1 (ou seja, $500 no pote já quando encararmos uma aposta de $100).

Como calcular as chances rapidamente

É bastante evidente que pode ser trabalhoso usar a fórmula acima para determinar se você tem ou não as chances certas para pagar. No entanto, a boa notícia é que existe um atalho para ajudá-lo!

Esta equação é chamada de "Regra de Dois e Quatro" ou "Regra de Quatro e Dois". Ela é utilizada por jogadores de pôquer do mundo inteiro para ajudá-los a determinar rapidamente as possibilidades aproximadas de melhorar a mão durante um draw.

Depois de fazerem alguns cálculos simples, eles podem relacionar rapidamente essa informação com as chances que têm e ver se é rentável pagar.

A "Regra de 2 e 4" afirma que, se você multiplicar o número de saídas que tem por 4 com duas cartas por vir, chegará à porcentagem aproximada de fazer sua mão até o river.

Da mesma forma, se você multiplicar o número de saídas que tem por 2 com uma carta por vir, poderá determinar a probabilidade ou não de formar seu draw.

Como converter chances em porcentagens

Agora que aprendemos a calcular as chances e as possibilidades de melhorar, é hora de relacionar as duas juntas para ver se temos as chances certas para pagar.

No entanto, ao usar a "Regra de 2 e 4", você normalmente vai ficar com uma porcentagem, enquanto que, ao calcular as chances, você vai ficar com uma razão (como 2 para 1 ou 3: 1).

Portanto, é importante saber converter porcentagens em razões e vice-versa se você quiser determinar rapidamente se vale ou não a pena pagar.

Vamos começar aprendendo a converter porcentagens em razões.

PORCENTAGENS EM CHANCES:

Usando a "Regra de 2 e 4", com 9 saídas e 2 cartas por vir, temos cerca de 36% de possibilidade de melhorar nossa mão para um flush. Através de um cálculo simples, podemos deduzir que, em cerca de 64% das vezes, não vamos formar nosso draw.

Ao converter porcentagens em uma razão, você deve sempre colocá-las no seguinte formato:

(possibilidade de você não melhorar sua mão): (possibilidade de você melhorar sua mão)

Usar esse formato nos deixaria com uma razão de 64: 36, ou cerca de 2 para 1 - uma razão que pode ser facilmente comparada com nossas chances. Quanto mais você praticar esse processo (chances x porcentagem), melhor ficará em conseguir determinar as chances de melhorar sua mão.

CHANCES EM PORCENTAGENS:

Agora vamos inverter isso e ver como podemos transformar chances em porcentagens. Digamos que alguém faça uma aposta de meio pote, o que nos daria 3 para 1 em um pagamento. (A aposta é de $50 em um pote de $100. O pote tem agora $150, e você tem que pagar com $50, o que lhe dá chances de 3 para 1.)

Ao transformar essa razão em uma fração, podemos calcular facilmente a porcentagem aproximada, do seguinte modo:

  1 carta por vir       2 cartas por vir  
    FLOP para TURN   TURN para RIVER   TURN e RIVER  
SAÍDAS EXEMPLOS DE MÃO % CHANCES % CHANCES % CHANCES
1   2,13% 45,95: 1 2,17% 45,08: 1 4,26% 22,50: 1
2 Par em mãos para set 4,26% 22,47: 1 4,35% 21,99: 1 8,42% 10,88: 1
3 Uma carta maior 6,38% 14,67: 1 6,52% 14,34: 1 12,49% 7,01: 1
4 Straight draw interno 8,51% 10,75: 1 8,70% 10,49: 1 16,47% 5,07: 1
5 Um par ou dois pares ou set 10,64% 8,40: 1 10,87% 8,20: 1 20,35% 3,91: 1
6 Sem par para par (Hold'em) 12,77% 6,83: 1 13,04% 6,67: 1 24,14% 3,14: 1
7 Set para Full-House/Quadra 14,89% 5,72: 1 15,22% 5,57: 1 27,84% 2,59: 1
8 Straight draw de duas pontas 17,02% 4,88: 1 17,39% 4,75: 1 31,45% 2,18: 1
9 Flush Draw 19,15% 4,22: 1 19,57% 4,11: 1 34,97% 1,86: 1
10 Straight draw interno e duas cartas maiores 21,28% 3,70: 1 21,74% 3,60: 1 38,39% 1,60: 1
11   23,40% 3,27: 1 23,91% 3,18: 1 41,72% 1,40: 1
12 Straight draw interno e Flush Draw 25,53% 2,92: 1 26,09% 2,83: 1 44,96% 1,22: 1
13 Flush Draw e Straight de duas pontas 27,66% 2,62: 1 28,26% 2,54: 1 48,10% 1,08: 1
14   29,79% 2,36: 1 30,43% 2,29: 1 51,16% 0,95: 1
15   31,91% 2,13: 1 32,61% 2,07: 1 54,12% 0,85: 1
16   34,04% 1,94: 1 34,78% 1,88: 1 56,98% 0,76: 1
17   36,17% 1,76:1 36,96% 1,71: 1 59,76% 0,67: 1
18   38,30% 1,61: 1 39,13% 1,56: 1 62,44% 0,60: 1
19   40,43% 1,47: 1 41,30% 1,42: 1 65,03% 0,54: 1
20   42,55% 1,35: 1 43,48% 1,30: 1 67,53% 0,48: 1

CHANCES EM PORCENTAGENS:

Agora vamos inverter isso e ver como podemos transformar chances em porcentagens. Digamos que alguém faça uma aposta de meio pote, o que nos daria 3 para 1 em um pagamento. (A aposta é de $50 em um pote de $100. O pote tem agora $150, e você tem que pagar com $50, o que lhe dá chances de 3 para 1.)

Ao transformar essa razão em uma fração, podemos calcular facilmente a porcentagem aproximada, do seguinte modo: 

(preço que você tem que pagar / preço que você tem que pagar + dinheiro já no pote)

Neste exemplo, o preço que temos que pagar é $50. Portanto, o (preço que temos de pagar) + (o dinheiro já no pote) seria $50 + $150, o que nos dá uma fração de $50/$200.

50/200 = 0,25, que pode ser facilmente convertido em uma porcentagem de 25%, ao multiplicarmos os 0,25 por 100.

Essa porcentagem, em relação à força de sua mão, significa que você precisaria ter mais de 25% de ganhos da mão para pagar de maneira lucrativa.

Agora, se isso ainda parece difícil para você, não se preocupe! Quanto mais você praticar os cálculo de chances, melhor vai se sair.

Melhor ainda, para ajudar ainda mais, incluímos um gráfico abaixo com a maioria dos cenários de chances já calculados para você!

Embora não seja imperativo memorizar o gráfico acima, usá-lo durante cenários de prática ou sessões on-line pode ajudá-lo a desenvolver uma "intuição" para determinar suas chances em qualquer situação.

A partir daqui, você conseguirá relacionar suas chances com as probabilidades e, com relativa facilidade, determinar se deve ou não pagar.

Quando pagar usando chances

Se pudermos determinar o número de saídas que temos para melhorar nossa mão, ao usarmos o gráfico acima podemos ver facilmente as chances em qualquer situação.

A partir daí, simplesmente comparamos essas chances com as nossas. Se suas CHANCES DE MELHORAR são melhores do que as CHANCES, você tem as chances certas para pagar.

Para falar em termos ainda mais simples, ao comparar os números em sua razão, se o número à esquerda da razão de CHANCES for maior que o à esquerda da razão de CHANCES DE MELHORAR, você deve pagar!

Para ilustrar este ponto, vamos usar este breve exemplo.

EXEMPLO DE MÃO Nº 2:

Você tem 6 saídas e apenas a carta do river por vir. Há um total de $500 no pote principal, e você está encarando uma aposta de $100.

Você tem as chances certas para pagar?

Em primeiro lugar, precisamos calcular as chances de melhorar nossa mão.

A partir do gráfico acima, podemos ver que essas chances são de 6,67 para 1 (quando há 6 saídas).

Em segundo lugar, temos que determinar nossas chances. Pegue os $500 do pote principal e adicione-o à aposta de $100 dos adversários. Isso nos dá $600 que você pode ganhar ao pagar a aposta de $100.

Portanto, suas chances são de 6 para 1.

Chances: 6 para 1

Chances de melhorar: 6,67 para 1

Como o número à esquerda (mostrado em negrito) para as chances NÃO é maior do que as chances de melhorar (6 ≯ 6,67), nós NÃO temos as chances corretas expressas para pagar.

Entretanto, só porque você não tem as chances certas para pagar, não significa que deve sempre desistir de sua mão ao encarar aquela aposta. Da mesma forma, quando tem as chances certas, não significa que você deve sempre pagar.

Há outras considerações que você deve levar em conta antes de rotineiramente jogar a mão na pilha de descarte.

Vamos elaborar mais sobre algumas delas brevemente.

Considerações adicionais

  • Pagando no flop: Lembre-se que, se você pagar no flop e não completar o draw no turn, ainda poderá encarar outra aposta no turn. Esse cenário pode afetar o modo como você usa a "Regra de 2 e 4" em seus cálculos, já que você também não veria a carta do river sem pagar em tal exemplo.
  • Outros jogadores atrás de você: Outros jogadores ainda à esquerda que aguardam a vez deles também podem pagar ou até mesmo aumentar! Se você pensar que eles podem pagar, pode levar isso em conta na determinação de suas chances para pagar. Se você pensar que eles podem aumentar, desistir pode ser a melhor jogada.
  • Equidade da desistência: As chances se referem geralmente se pagar ou não em um draw é uma jogada rentável. No entanto, você deve sempre equilibrar sua variação e considerar outras possibilidades também; uma delas é aumentar quando a situação é certa. Essa jogada é considerada um "semiblefe" em que você pode ganhar por (1) melhorar sua mão em uma street posterior ou (2) fazer com que seu oponente desista imediatamente.
  • Chances implícitas: As chances implícitas referem-se a quanto dinheiro pode ser feito em futuras rodadas de apostas se você realmente completou seu draw. Por exemplo, muitas vezes, as pessoas com um straight ou um flush draw no flop não têm as chances expressas corretas para pagar uma aposta de forma rentável para ver se vão completar seu draw no turn ou no river. No entanto, se elas completarem o draw, muitas vezes confiarão em ganhar uma ou outra aposta nas street futuras para compensar a diferença no pagamento sem chances expressas adequadas que fizeram.
  • Saídas descontadas: Às vezes, seus oponentes podem precisar de saídas semelhantes para melhorar a deles Por exemplo, se você tem um draw para um flush menor e seu oponente tem um draw para um flush maior, essa situação pode ser prejudicial para o seu resultado final. Às vezes, é bom usar uma abordagem conservadora e contar suas saídas e arbitrariamente descontar algumas deles para contar com essa possibilidade. (Por exemplo, usando 7 ou 8 saídas em vez de todas as 9 ao calcular suas chances de fazer um flush.)
  • Equidade contra variação do Villain: Chances x equidade – esse é um conceito que nem todos os jogadores de pôquer conseguem diferenciar. Embora o termo "chances" se refira a saber se compensa pagar ou não, a equidade se refere a quanto dinheiro do pote deve ser seu com base em sua porcentagem de ganhar a mão em relação à variação da mão ou da mão do Villain.

Como calcular as chances no Texas Hold'em

Neste artigo, esclarecemos uma infinidade de informações sobre as chances; o que são, os diferentes tipos que existem, como calculá-las, como calcular suas possibilidades de melhorar e como relacionar esses dois números.

Agora é hora de colocar tudo o que você aprendeu em alguns exemplos, especificamente para o Texas Hold'em.

Usar chances no Texas Hold'em certamente ajudará você a vencer nas mesas. Embora o No Limit Hold'em possa usar mais os princípios de chances implícitas (já que você pode parar para ganhar muito mais por ser capaz de escolher livremente o quanto quer apostar ou aumentar em qualquer ponto), o Limit Hold'em usa o conceito de chances expressas incrivelmente bem!

Vamos esclarecer dois exemplos diferentes de No Limit x Limit, especificamente lidando com chances para um flush.

EXEMPLOS DE MÃO Nº 3 / Nº 4: Chances para pagar flush draw

Você recebe KQ de Copas. A mesa está com A-8-2-J com 2 Copas. Há $60 no pote. Você e seu adversário têm $200 restantes. Seu oponente aposta $20.

Você tem as chances expressas certas para pagar? Chances implícitas?

Quanto dinheiro adicional você precisaria fazer no river para jogar essa mão de forma lucrativa?

LIMIT HOLD’EM

OBSERVAÇÃO: No Limit Hold'em, como muitas vezes haverá muitos jogadores jogando todas as mãos e pagando pequenas apostas ao longo do jogo, os potes podem ficar muito inchados em relação às apostas e aos limites de apostas conforme as rodadas de apostas passam. Essa situação pode oferecer aos jogadores as chances corretas de perseguirem seus draws, sem sequer terem que ganhar mais dinheiro em streets futuras por meio de chances implícitas.

Usando as informações acima no cenário, em primeiro lugar, vamos calcular todas as chances. Temos um nut flush draw e um straight straw. Uma carta 9 nos daria um flush. Qualquer uma das cartas 10 nos daria um straight. No entanto, como não podemos contar o Dez de Copas duas vezes, isso nos dá 12 saídas para melhorar nossa mão com uma carta por vir.

Multiplicamos nossas saídas por 2 para ver nossa porcentagem aproximada de ganhar a mão. Isso nos dá 24% para melhorar a mão vencedora (ou cerca de 3 para 1). Como agora há $80 no pote depois da aposta de $20 do Villain, precisamos pagar $20 para ganhar $80, o que nos oferece chances expressas de exatamente 4: 1 em um pagamento. Nesse cenário, temos exatamente as chances expressas corretas para pagar.

Em outras palavras, mesmo se nunca ganharmos uma aposta extra no river nas vezes que pagarmos e melhorarmos, pagar essa aposta de $20 ainda seria uma jogada lucrativa. Esperamos ganhar uma média de $6,67 por cada vez que pagarmos (além de mais lucros que conseguíssemos extrair no river por meio das chances implícitas)!

NO LIMIT HOLD’EM

Vamos fazer uma pequena alteração no cenário descrito acima. Em vez de haver $40 no pote, digamos que há apenas $20 quando nosso oponente faz a aposta de $20. Agora estaríamos recebendo chances de 2 para 1 em um pagamento (em uma mão em que temos chances expressas de 3 para 1).

Neste novo cenário, não podemos pagar com base nas chances expressas, mas podemos pagar com lucro com base nas chances implícitas se pensarmos que podemos obter certa quantia de dinheiro do nosso adversário no river nas vezes que em conseguirmos o draw.

Ter uma mão com chances expressas que nos oferece 3: 1 (no qual ganhamos em cerca de 25% das vezes) significa que teremos que pagar a aposta de $20 agora para ganhar potencialmente 3 x $20 se nosso draw chegar no river.

Portanto, se, no fim das contas, conseguirmos ganhar pelo menos $60 no total ao pagar a aposta do turn, isso se tornará um pagamento equilibrado (ou lucrativo). Com $40 no pote antes de pagarmos, só precisaríamos ganhar mais $20 de nosso oponente no river. Se completarmos nosso draw e depois apostarmos $20, provavelmente será difícil para nosso oponente desistir com chances tão boas no river.

O pote seria de $60 (excluindo nossa aposta de $20), o que significa que ele teria que pagar $20 para ganhar $80. Em outras palavras, ele acabaria ficando com chances de 4: 1, e só teria que ter a melhor mão em 20% das vezes para este pagamento do river ser rentável. Esse fator faz com que seja provável que ele pague nossa aposta por um preço tão bom.

As possibilidades são, no entanto, de podermos extrair muito mais de nosso adversário no river (até $30 ou $45 em um pote de $60), deixando o pagamento desse turn muito lucrativo, com base em chances implícitas.

Como calcular as chances no Omaha

Calcular as chances no Omaha é parecido com calcular no Texas Hold'em.

A maior diferença, no entanto, diz respeito às saídas:

  • Muitas vezes você vai ter muito mais delas (saídas) para melhorar sua mão (por ter várias combinações de mão de duas cartas com suas duas cartas fechadas extras). Na verdade, não é incomum ter mais de 20 saídas que poderiam melhorar sua mão (mesmo com duas cartas por vir) com todos os "wraps" no Omaha.
  • Você vai ter que ser cauteloso com as saídas negativas, que são saídas que podem melhorar a mão de seus adversários para uma melhor que a sua!
  • Devido ao aumento do número de combinações de cartas fechadas (e às possibilidades de que as pessoas vão para a hora da verdade com mãos muito melhores do que aquelas normalmente encontradas no Hold'em), você deve chegar com a melhor mão possível.

EXEMPLO DE MÃO Nº 5:

Você tem Ah-Th-9c-8d. O flop vem com 7h-6h-2c. O oponente realiza uma aposta de $100 em um pote de $100. Cada um de vocês tem cerca de $1.000. O que você deve fazer? Você tem as chances expressas/implícitas corretas para pagar?

Essa mão é muito forte! Embora atualmente você só tenha um Ás maior, há uma incrível quantidade de cartas (saídas) que podem ajudá-lo a melhorar muito a mão:

  • 4 cartas cinco para o melhor straight possível
  • 3 cartas oito para o melhor straight possível
  • 3 cartas nove para o melhor straight possível
  • 3 cartas dez para o melhor straight possível
  • 5 cartas adicionais (excluindo as cartas acima) que podem dar a você o melhor flush possível

Você tem um total de 18 saídas para melhorar sua mão! Se você é um jogador normalmente acostumado a jogar Hold'em, provavelmente vai achar esse número incrível!

Olhando para o nosso gráfico de chances de pôquer, veremos que, com 18 saídas e 2 cartas por vir, temos uma probabilidade de 62% de melhorar a nossa mão até o river! Temos até mesmo 38% de probabilidade de formar um de nossos draws já no turn!

A única coisa com a qual temos que nos preocupar é se um adversário tem um set e a possibilidade de chegar a um full house até o river. No entanto, após o flop, mesmo contra muitas combinações de mãos que podem conter sets, ainda temos uma possibilidade de cerca de 50/50 de ganhar esta mão (na pior das hipóteses)!

Com as incríveis possibilidades que temos de vencer aqui, as chances são quase irrelevantes (exceto em um turn muito ruim). Em vez disso, nosso foco deve ser sobre como podemos extrair mais dinheiro com a possibilidade de tirar tudo de alguém!

Como temos uma probabilidade de 62% de ganhar, temos muito mais chances que a de 2 para 1 que precisamos para pagar. Talvez, em vez de simplesmente pagar aqui, possamos tentar aumentar para maximizar nosso valor esperado com um draw tão forte!

O pior cenário é que vamos fazer isso contra um set (cuja possibilidade, como mencionado, é de cerca de 50/50). Aumentar também poderia piorar os draws, tornando nossos lucros prováveis ainda maiores.

Resumo: Por que calcular chances

Assim como pessoas estratégicas contam cartas no blackjack, usar as chances no pôquer ajudará você a ganhar uma vantagem estratégica sobre muitos adversários menos qualificados. Essa estratégia ajudará a reduzir as perdas e aumentar os lucros, ajudando a colocar você no caminho para se tornar um jogador rentável.

Às vezes, quando você joga, pode não ter as melhores chances de pagar (ou seja, chances expressas), mas, em determinadas situações, há potencial para você fazer isso em rodadas de apostas futuras por meio das chances implícitas. Outras vezes, você acaba tendo que desistir de muitos de seus draws fracos simplesmente porque não tem muita equidade na mão.

Em última análise, porém, lembre-se sempre que pôquer é um jogo de habilidade que pode ser melhorado e desenvolvido ao longo do tempo. Quanto mais você tentar usar as habilidades de pôquer que você aprendeu aqui lidando com chances e saídas, maior será sua "intuição" sobre como elas funcionam e como usá-las corretamente em seu jogo.

Na verdade, antes de se dar conta, é provável que você internalize isso!

Tudo de melhor ao usar essas informações novas, e boa sorte nas mesas!

Achou isto interessante?    

Obrigado por nos ajudar a melhorar.

     

Copyright 2002 - 2017 Cassava Enterprises (Gibraltar) Limited., subsidiária integral da 888 Holdings plc.
A Cassava Enterprises (Gibraltar) Limited foi estabelecida em Gibraltar, que faz parte da União Europeia.
A 888 Holdings plc está cotada na Bolsa de Valores de Londres.
A Cassava Enterprises (Gibraltar) Limited está licenciada e autorizada a oferecer serviços de jogos e apostas online nos termos das leis de Gibraltar (Licença para Jogo Remoto números 022 e 039) e não atesta a legalidade de tais serviços em outros países.
Nossos serviços no Reino Unido são operados pela 888 UK Limited, uma empresa estabelecida em Gibraltar, licenciada e regulamentada pela Great Britain Gambling Commission (Comissão de Jogos de Aposta da Grã-Bretanha).
Nossos serviços nos Estados-membros do Mercado Comum Europeu (com exceção dos Estados em que nossos serviços são fornecidos segundo uma licença local) são operados pela Virtual Digital Services Limited, uma empresa estabelecida em Gibraltar, que faz parte da União Europeia.
A Virtual Digital Services Limited opera sob a proteção de uma licença de jogo fornecida segundo as leis de Gibraltar.
Nossos produtos de apostas são operados na Irlanda, pela 888 Ireland Limited, uma empresa incorporada em Gibraltar, licenciada pela Revenue Commissioners (Delegados da Receita Federal) da Irlanda.
Nosso endereço: 601-701 Europort, Gibraltar.
Encorajamos o jogo com responsabilidade e apoiamos a GamCare.