Dicas e orientações para o sucesso do set-mining

Font Size
A A A

O que é um set-mine?

Um set-mine pode ser definido como segue:

“Apostar um par em mãos no pré-flop com a única intenção de flopar um set.”

Ao usar a estratégia set-mining, não estamos apostando o nosso par em mãos por sua equidade de pote ou por sua jogabilidade. Se for suficientemente lucrativo fazer isso (como é em muitos casos), não seria correto pensar na situação como um set-mine puro.

Então, por exemplo, fazemos um cold-call (pagamos uma aposta seguida de um aumento) com uma mão tipo TT do BTN contra uma abertura do CO. Não estamos apostando só para flopar um set de Dez. Em muitas texturas de flop esperaríamos que TT fosse a melhor mão, e consideraríamos continuar a fazer frente a uma ação de flop agressiva do nosso oponente.

Se imaginarmos um cenário diferente onde UTG abre, e nós decidimos fazer um cold-call em um par de dois no BB, começamos a enxergar melhor o que queremos dizer com um set-mine puro. Na maioria dos casos, se o nosso oponente lançar uma aposta de continuação no flop, nosso 22 será automaticamente descartado a menos que bloqueemos o nosso set. A única exceção a esta regra é flopar um straight-draw aberto e obter as chances certas para continuar.

Muitas apostas pré-flop com pares em mão ficarão em algum lugar entre os dois extremos. A maior parte do nosso valor pode vir de flopar um set. Tendo dito isso, há muitas situações onde podemos continuar com a mão de modo lucrativo, mesmo que não façamos o nosso set.

Como fazer set-mine de modo lucrativo

Faz sentido focar nossa atenção em set-mines puros nos quais só ganharemos dinheiro supondo que formamos o nosso set, e perderemos todas as vezes que isso não acontecer. Vamos começar analisando o pior cenário no qual a nossa mão não tem valor algum a menos que acertemos.

O primeiro detalhe que nos interessa é qual a porcentagem do tempo em que formamos o nosso set depois de pagar o pré-flop (pré-abertura). Isto deveria nos dar uma ideia básica sobre o preço que poderíamos precisar para conseguir um set-mine lucrativo. Considerando que há três cartas no flop, podemos calcular que as nossas chances de acertar são em torno de 11,8% das vezes. Em outras palavras, com base em chances diretas, precisamos investir menos de 11,8% do pote total do pré-flop.

Mas é isso que acontece? Nem um pouco: normalmente investiremos uns 45% do pote HU e 30% do pote 3-way. Então, por que muitos consideram o set-mining uma estratégia lucrativa?

Tudo se resume às nossas chances implícitas. O preço do pré-flop não justifica pagar com o par em mãos apenas pela chance de formarmos o nosso set. Mas quando consideramos as fichas adicionais que podemos ganhar quando formarmos o nosso set, pode passar a ser uma tentativa lucrativa. Mas quanto mais precisamos ganhar no pós-flop para que o nosso set-mine se torne lucrativo? E talvez o mais importante, como sabemos quanto dinheiro ganharemos no pós-flop supondo que acertemos?

Como calcular a lucratividade do set-mine

Vamos começar imaginando uma situação de pré-flop simples e considerar de quanto dinheiro precisamos para fazer um pós-flop médio a fim de que o set-mining seja lucrativo.

SB anuncia 0,5bb, BB anuncia 1bb. Todos desistem até a vez do CO, que abre para 3bb. Hero está no BTN com um par em mãos e paga 3bb. SB desiste. BB desiste.

Até aqui tudo bem claro. Sabemos que vamos formar com o nosso par em mãos cerca de 11,8% das vezes, então, do ponto de vista de chances diretas, podemos investir mais do que 11,8% do pote total. (Na verdade, não estamos interessados em chances, apenas em chances implícitas neste caso, mas podemos usar chances para calcular o tipo de chances implícitas de que vamos precisar).

Então, se 3bb se iguala a 11,8% do pote, qual deveria ser o tamanho total do pote para que o pagamento seja correto?

100/11,8 = 8,475
3bb * 8,475 = 25,42bb

(Em outras palavras, se o tamanho do pote pré-flop fosse realmente de 25,42bbs e estivéssemos pagando 3bb, teríamos na verdade um call (pagamento) de chances diretas para tentar formar um set. Isso nos ajuda a calcular quanto precisaríamos ganhar no pós-flop considerando que o pote pré-flop real é um pouco menor do que 25,42bb)

O tamanho total do pote no pré-flop é de 7,5bb quando incluímos os investimentos dos blinds, o que significa que nos falta cerca de 18bb do que precisávamos. Este é o montante de que precisamos ganhar no pós-flop em média para que o set-mining seja lucrativo. Neste cenário específico, só seria umas seis vezes o valor do nosso investimento inicial.

Média de ganhos

Um ganho de seis vezes o valor do nosso investimento inicial pode parecer um valor bastante pequeno quando acertarmos. No entanto, não basta para isso que simplesmente nos seja possível ganhar essa quantia de dinheiro quando acertarmos. Precisamos ganhar em média essa quantia em dinheiro de forma consistente ao acertarmos. De outro modo, perderemos dinheiro com os nossos set-mines. Haverá muitas situações em que formamos nosso set e simplesmente não conseguimos nenhuma ação. Portanto, precisamos também ganhar alguns potes grandes nos quais haja bastante mais do que seis vezes o valor do nosso investimento no pré-flop para que seja lucrativo de modo geral.

Também precisamos considerar os seguintes cenários

  • Formamos nosso set e perdemos contra um set mais alto
  • Conseguimos o dinheiro, mas o Villain o suga no river (última carta virada na mesa)
  • Achamos que o nosso set pode não ser tão bom e terminamos desistindo

Depois de considerar estes cenários, deve ser possível conseguir muito mais do que seis vezes o valor do nosso investimento no pré-flop quando acertamos. Se tivéssemos que fazer uma estimativa conservadora, o ideal seria que fosse possível obter quase vinte vezes o valor do nosso investimento inicial no melhor dos casos.

A estimativa de vinte vezes mais dá origem a duas regras do pôquer habitualmente citadas: a regra do call-20 e a do 5-10.

Regras Call-20 / 5-10

As duas regras seguintes são habitualmente citadas por jogadores de pôquer. É uma boa ideia familiarizar-se com elas, mesmo que seja apenas para poder conversar com outros jogadores.

Call-20 – Precisamos ser capazes de conseguir vinte vezes o valor do nosso investimento inicial após o flop

Em outras palavras, se estamos investindo 3bb no pré-flop no nosso set-mine, precisamos que os montes restantes efetivos do pós-flop sejam de pelo menos 60bb.

5-10 – Não deveríamos investir mais do que 5% do nosso monte em uma oportunidade de set-mining, exceto em circunstâncias especiais nas quais podemos investir até 10%.

Trataremos das "circunstâncias especiais" mais adiante, mas basicamente estas regras são muito similares. Se investirmos 5bb no pré-flop com montes efetivos de aproximadamente 100bb (ou seja, 5%), poderemos conseguir cerca de 20 vezes o valor do nosso investimento inicial pós-flop.

Cálculo de chances implícitas

É fácil dizer quanto potencialmente podemos conseguir no pós-flop; ou seja, é o mesmo que dizer quão profundos são os montes efetivos. No entanto, não há uma fórmula para entender quanto poderemos ganhar em média. Esse cálculo estará baseado em estimativas a respeito dos nossos oponentes e em quantas chances implícitas temos. Se não nos sentimos seguros a respeito das nossas chances implícitas, o melhor é ficar com a regra do call-20. No entanto, em situações em que acreditarmos que as nossas chances implícitas são muito boas, essa regra do call-20 pode rapidamente virar uma regra call-10.

Mas o que são exatamente chances implícitas? E como sabemos se as nossas chances implícitas são boas?

As chances implícitas do set-mining nos dizem, basicamente, qual é a probabilidade que temos de obter um grande pagamento quando formamos o nosso set.

As situações a seguir são casos nos quais provavelmente vamos lucrar por chances implícitas excelentes.

Villain tem uma variação forte, portanto é menos provável que ele queira desistir dessa variação pós-flop quando nos conectamos.

Villain é agressivo, é do tipo que gosta de blefar muito e pode tentar blefar o terceiro barril (third barrel) quando nos conectamos.

Villain tem um monte profundo. Quanto mais fichas o Villain tiver em seu monte, mais poderemos ganhar.

Villain é um peixe. Talvez o Villain seja do tipo que simplesmente não pode soltar um par alto quando o consegue. Isto é ótimo para extrair valor com os nossos sets.

Podemos reverter esta lista para achar situações nas quais as nossas chances implícitas não sejam tão boas como gostaríamos que fossem.

Chances implícitas pequenas. Mesmo que acertemos, não podemos esperar um pagamento substancial.

Villain tem uma variação fraca. A variação do Villain é ampla, e há mais possibilidades de que ele desista no pós-flop do que de fato nos pagar quando formamos o nosso set.

Villain é passivo. Ele é do tipo que nunca tentará blefar, e nunca comete o erro de dar um valor excessivo a segundas melhores mãos.

Villain tem um monte raso. Quanto menos fichas o Villain tiver, menos poderemos ganhar quando acertarmos.

Villain é um bom jogador. É mais provável que ele reconheça que somos fortes e que desista da rodada em vez de nos pagar.

Situações com chances implícitas ruins

A típica situação vista pelos jogadores como um set-mine não lucrativo, apesar de poder ganhar 20 vezes o valor do nosso investimento no pré-flop, é quando o BTN abre e nós estamos na posição SB com um par em mãos.

Como o BTN está abrindo uma gama muito grande, muitos jogadores acreditam ser pouco provável ganhar no pós-flop quando formamos o nosso set. Então, apesar de ser possível ganhar 20 vezes o valor do nosso investimento inicial no pré-flop, muitos jogadores preferem reaumentar (3bet) ou desistir.

Também devemos considerar a possibilidade de que o BB faça squeeze (grande aumento). Se isso acontecer, talvez tenhamos que abandonar a nossa mão no pré-flop, sem termos sequer a chance de formar o nosso set.

Este princípio também pode ser aplicado a uma situação em que estejamos em MP e enfrentando uma abertura do UTG. Muitos jogadores recomendam defender apenas 77+ como set-mines nestas situações. Se defendermos todos os pares em mãos como set-mines em MP enfrentando uma abertura do UTG, teremos os dois problemas seguintes que prejudicam as nossas chances implícitas:

  1. É mais provável que soframos squeeze e não vejamos um flop, com 4 jogadores ainda atrás de nós. (Supondo 6-max)
  2. É mais provável que consigamos um set sobre set se tivermos um par pequeno, e o flop termina sendo de vários jogadores.

Situações com chances implícitas boas

Uma pergunta muito frequente que os jogadores fazem:

Deveríamos fazer set-mine quando enfrentamos um reaumento (3bet)?

No caso de montes de 100bb, esta situação não cairá dentro da regra do call-20. No entanto, pode ser que possamos fazer set-mine em alguns casos mesmo assim. Este é o caso quando quem reaumenta (3bet) tem uma variação muito forte, aumentando as nossas chances de receber o pagamento quando acertarmos. As duas situações principais são:

  1. O agressor reaumenta (3bet) contra uma abertura de posição precoce ou intermediária, indicando que é um jogador forte.
  2. Historicamente o agressor só reaumenta (3bet) com mãos muito fortes.

Nesses cenários, provavelmente seja certo defender com um par em mãos contra um reaumento desde que:

  1. Os montes sejam de pelo menos 100bb.
  2. O tamanho do reaumento (3bet) não seja excessivamente grande.

Outro caso com boas chances implícitas pode se dar quando o UTG ou o MP abre e nós estamos limitando a ação no BB. Isto acontece pelas seguintes razões

  1. Conseguimos chances diretas melhores na posição BB.
  2. Não precisamos nos preocupar por sofrer squeeze; sempre veremos um flop.
  3. UTG/MP normalmente têm variações de abertura fortes, o que significa que é possível que nos paguem com mais frequência no pós-flop quando acertamos.

Juntando tudo

A conclusão importante disso é que embora haja limites matemáticos sobre quando podemos fazer set-mine, a maioria dos nossos cálculos está diretamente vinculada às estimativas em relação aos nossos oponentes.

As regras do call-20 e 5-10 devem ser usadas apenas como uma referência aproximada. Em toda situação de set-mining possível é importante fazer uma estimativa em relação ao nosso oponente e sobre quanto nos beneficiamos por quaisquer chances implícitas que ele nos der.

Achou isto interessante?    

Obrigado por nos ajudar a melhorar.

     

Copyright 2002 - 2017 Cassava Enterprises (Gibraltar) Limited., subsidiária integral da 888 Holdings plc.
A Cassava Enterprises (Gibraltar) Limited foi estabelecida em Gibraltar, que faz parte da União Europeia.
A 888 Holdings plc está cotada na Bolsa de Valores de Londres.
A Cassava Enterprises (Gibraltar) Limited está licenciada e autorizada a oferecer serviços de jogos e apostas online nos termos das leis de Gibraltar (Licença para Jogo Remoto números 022 e 039) e não atesta a legalidade de tais serviços em outros países.
Nossos serviços no Reino Unido são operados pela 888 UK Limited, uma empresa estabelecida em Gibraltar, licenciada e regulamentada pela Great Britain Gambling Commission (Comissão de Jogos de Aposta da Grã-Bretanha).
Nossos serviços nos estados membros da União Europeia (com exceção dos estados em que nossos serviços são fornecidos segundo uma licença local) e nos estados membros da Associação Europeia de Livre Comércio são operados pela Virtual Digital Services Limited, uma empresa estabelecida em Gibraltar, que faz parte da União Europeia.
A Virtual Digital Services Limited opera sob a proteção de uma licença de jogo fornecida segundo as leis de Gibraltar.
Nossos produtos de apostas são operados na Irlanda, pela 888 Ireland Limited, uma empresa incorporada em Gibraltar, licenciada pela Revenue Commissioners (Delegados da Receita Federal) da Irlanda.
Nosso endereço: 601-701 Europort, Gibraltar.
Encorajamos o jogo com responsabilidade e apoiamos a GamCare.