Apesar de os lucros serem quase sempre certos para quem tem a mão de poker Big Slick, a empolgação pode facilmente se tornar um desalento. Alguns jogadores preferem o apelido “Anna Kournikova”, referente à estrela russa do tênis. “Parece boa, mas nunca ganha nada”.

Embora o potencial esteja lá, ter consciência das várias armadilhas associadas ao Big Slick requer certa habilidade. Uma aula especializada sobre o tema Big Slick encheria centenas de páginas, mas podemos pelo menos começar com uma seleção das sugestões mais importantes que destacaremos aqui.

DICA 1: BIG SLICK DE NAIPES DIFERENTES É PARA JOGAR HEADS UP.

Algumas mãos vão bem com multi-way (vários jogadores) no Hold'em, outras nem tanto. AKo é uma daquelas mãos que prefere jogos heads-up (mano a mano). Devemos, portanto, decidir cuidadosamente o nosso pré-flop para que potes heads-up (mano a mano) sejam frequentes.

Digamos que haja o que abre da posição final e o que iguala. Estamos no big-blind e temos a opção de igualar ou fazer um squeeze. O squeeze geralmente é melhor, pois traz a possibilidade de restringir o campo. Igualar (overcall) nos obriga a jogar um pote com vários jogadores pós-flop (após a abertura), situação em que AKo não se sairá bem.


Outro exemplo pode ser quando estamos no BTN com AKo em uma posição intermediária. Embora cold call (igualar aumento) e 3bet (reaumento) possam ser considerados razoáveis, normalmente 3bet acaba sendo a melhor opção. Quando apenas igualamos, a possibilidade de uma rodada com vários jogadores aumenta, assumindo que um dos blinds decida acompanhar.

 

Poker heads up (mano a mano)

 

DICA 2: ARRISQUE UM ALL-IN PRÉ-FLOP NA POSIÇÃO FINAL APENAS POR <100bb.

Isso se aplica principalmente a mesas a dinheiro (cash games). Muitos jogadores sabem que podem ir a all-in pré-flop com AKo e AKs. No entanto, depende da nossa posição e do tamanho do nosso monte. Geralmente, não é bom ir a all-in pré-flop quando nós ou nossos adversários estiver na posição inicial/intermediária. Também não é recomendado ir a all-in pré-flop se os montes forem maiores que 100bb.

Mesmo com montes menores que 100bb na posição final, vale a pena lembrar que all-in pré-flop provavelmente não será muito lucrativo. Normalmente, há uma opção melhor que envolve ver a abertura (flop).

DICA 3: TOP-PAIR-TOP-KICKER NEM SEMPRE É BOM PARA OS MONTES.

Uma das mãos mais frequentes pós-flop (após a abertura) que formaremos com um Big Slick é a TPTK (top-pair-top-kicker). Montes efetivos de 100bb são complicados para este tipo de mão, especialmente se estivermos jogando um pote com um único aumento. Se o nosso adversário estiver tentando obter 100bb pós-flop na posição intermediária, geralmente terá um par derrotado.

Devemos então apostar por valor implacavelmente, mas estarmos dispostos a desistir diante da contra agressão.

DICA 4: CUIDADO QUANDO O BIG SLICK NÃO MELHORAR.

Embora o nosso AK seja decente antes da abertura (pré-flop), se perdemos completamente a abertura, nossa mão cairá drasticamente de valor. Muitas vezes os jogadores têm dificuldade de desistir e não ligam de fazer e igualar grandes apostas com AK sem melhoria.

É importante lembrar que grande parte do valor da nossa mão desaparece quando não fazemos combinações. Nos resta apenas o Ás maior. Não há problema em desistir após a abertura (pós-flop), principalmente quando as texturas estiverem mais conectadas. Como agressores antes da abertura (pré-flop), não devemos nos sentir pressionados a fazer apostas de continuação se tivermos perdido completamente as texturas das cartas da mesa. AKs normalmente oferece melhores perspectivas do que AKo nesses momentos, já que AKs poderá pelo menos abrir caminho para um flush quando não formar par.

DICA 5: DIFERENCIAR CARTAS DA MESA BOAS DE RUINS.

Essa é uma habilidade que pode levar algum tempo para dominar. Aqui estão algumas regras certeiras e rápidas com as quais podemos começar.

- AKo pode muitas vezes decidir continuar após abertura (pós-flop) sem combinações nas texturas, especialmente aquelas sem Broadway (Ás maior). T23, 884, 923 etc.

- Se formarmos TPTK, é preferível que não haja dez, valete ou dama nas cartas da mesa. Isso geralmente aumenta as chances de dominação reversa (isto é, nosso adversário forma dois pares), embora dependa da ação precisa pré-flop. Precisamos ter muito cuidado com AK e AJT nas cartas da mesa se houver muitos fogos de artifício, por exemplo. No entanto, AK é muito forte na textura arco-íris K23.

- AK sem combinação pode desistir da abertura (flop) imediatamente em texturas complicadas, especialmente texturas conectadas de nível médio-alto.

- QTx, JTx e QJx são as cartas da mesas mais difíceis de jogar. Elas tendem a se conectar bem com o leque de mãos dos que igualaram pré-flop e, geralmente, somos o agressor pré-flop com AK. Precisamos garantir que não façamos semiblefes de forma muito agressiva com essas cartas da mesa.

DICA 6: UM BIG SLICK NÃO É UMA PASSAGEM GARANTIDA PARA LUCROS

É bom ter em mente que AK ainda deve perder uma boa parte das vezes. Se tivermos a expectativa de ganhar dinheiro toda vez que pegarmos um Big Slick, nos frustraremos. Quando as nossas expectativas não se concretizam, vem a frustração.

Como os jogadores experientes sabem, o objetivo não é ganhar todas as mãos. Desde que aproveitemos AK de uma maneira que maximize nossa expectativa em longo prazo, o resultado de uma mão individual qualquer não deve nos preocupar.

DICA 7: ENTENDA A DIFERENÇA ENTRE AKO E AKs.

AKo e AKs não são a mesma mão. AKs (mesmo naipe) geralmente tem um percentual de equidade do pote um pouco maior e tem um desempenho significativamente melhor em jogos com vários jogadores.

Ao jogar com vários jogadores tendo AKs, devemos entender que nosso objetivo é formar o melhor flush ou o melhor straight. TPTK não é uma combinação muito forte em potes com vários jogadores e pode facilmente acabar dominada se enfrentar muita ação.

A REGRA DE OURO DO BIG SLICK NO POKER

Se fôssemos condensar todos os conselhos acima em uma regra, qual seria?

Não exagere no Big Slick!

Muitos jogadores têm a tendência de se deixar levar por essa mão. É importante fazer uma avaliação precisa de cada situação. Quando tivermos uma noção melhor de quando desistir, os lucros de nossas vitórias realmente começarão a causar impacto em nossos resultados.

About the Author
By
Matthew Cluff é um jogador de pôquer que se especializou em jogos 6-Max No Limit Hold’em. Ele também fornece periodicamente conteúdo sobre pôquer online para vários sites.
Related Content
É possível ganhar a vida jogando poker?

Ganhar a vida jogando poker online ou offline parece fascinante, mas como será que isso acontece de verdade? O 888poker descobriu os prazeres e as dores de viver de poker e te conta agora.

Poker outs e odds: suas perguntas mais importantes respondidas

Poker outs e odds: suas perguntas mais importantes respondidas

5 passos simples para uma estratégia das posições no poker eficaz

5 passos simples para uma estratégia das posições no poker eficaz

Poker tells - 5 perguntas respondidas sobre poker tells

Poker tells - 5 perguntas respondidas sobre poker tells

Como a poker straddle afeta seu lucro esperado

Como a poker straddle afeta seu lucro esperado

Limp-Raise poker, é realmente inaceitável?

Limp-Raise poker, é realmente inaceitável?

Cold call no Poker: Os prós e os contras

No poker, sabe o que significa cold call?

Quanto devemos aumentar no poker?

Quanto devemos aumentar no poker?

Pote com vários jogadores - os Ases se garantem em potes com vários jogadores?

Pote com vários jogadores - os Ases se garantem em potes com vários jogadores?

Angle shooting in Poker: um grande erro!

Angle shooting in Poker: um grande erro!